Labradores.com no telemóvel!

30 de agosto de 2007

As ordens mais importantes


Antes do sexto mês o cachorro não precisa de ser perfeito e já saber executar todas as ordens, pois este ainda não se consegue concentrar por muito tempo.
Mas isto não o impede, nem deve impedir de lhe ir ensinando algumas ordens, embora com pequenos intervalos e de uma maneira mais ligeira.




Aqui


Para ele perceber melhor, chame-o pelo nome quando este andar a correr e a fazer barulho e diga "aqui", ao mesmo tempo que se afasta dele.
Ele olhará para si e aproximar-se-á a correr, pois vê que você segue noutra direcção.

Pode dizer também "aqui" depois de este ter andado a brincar com outros cães e vier ter consigo de livre vontade, então o cachorro vai associar a ordem ao acto de vir para junto de si.


Nunca diga "aqui" com um tom severo e alto, mas sim com um tom animador, estimulante e prometedor. O cão não deverá receber a ordem como uma coisa desagradável, mas como um convite estimulante para se juntar à "matilha".

Senta

"Senta" é uma ordem que o cão jovem pode aprender. Quando este se sentar de livre, dê-lhe então a ordem , para este a associar com o sentar.

Outra maneira é quando ele estiver à sua frente, chame-o pelo nome, ponha-se de cócoras e empurre ligeiramente as costas dele para baixo, ao mesmo tempo que diz "senta". Quando ele se sentar mostre-lhe que ficou muito satisfeito, elogiando-o e dando-lhe festas na cabeça. Se ele se deitar em vez de se sentar não corrija nada enquanto ele for pequenino, pois a diferença entre senta e deita terá de aprender mais tarde, por enquanto é suficiente.

Deita

O "deita" ensina-se de maneira indêntica ao "senta". Todas aas vezes que ele se deitar por si próprio, diga "deita" e elogio.




No cão jovem as ordens "senta" e "deita" nunca deve ser obtidas por meio de violência, ele irá entender isso como um castigo e durante toda a vida irá executalas de má vontade.

Não

O labrador deve estar desde de cedo familiarizado com a palavra "não" e você deve usá-la sempre que ele não deva fazer uma coisa. Se não se impuzer a tempo, pode ser que mais tarde já não se atreva a tirar a "presa" ao seu cão de sete meses. Quanto mais novo ele for, mais facilmente consegue que lhe tirem coisas da boca ao mesmo tempo que diz "não" com um tom que impressione.



Ficar sozinho

A melhor altura para ensinar um Labrador a ficar sozinho é depois de um enorme passeio, nesta altura ele está cansado.



Quando este estiver deitado na sua caminha, afaste-se sem que ele se aperceba. Se o cachorrinho acordar e quiser segui-la/o, volte a pô-lo na cama e afaste-se. Esta brincadeira repetir-se-á várias vezes, com certeza, mais algumas vezes, mas você tem de sair vencedor. Depois, afaste-se por cinco minutos (e com avançar das coisas vá aumentando progressivamente o tempo). Quando voltar se este ainda estiver deitado, faça-lhe muitos elogios. Se por medo ou protesto, este fez chichi, estragou alguma coisa, uivou ou ganiu ignore, ponha-o imediatamente na cama dele e afaste-se novamente. O Labrador que é um cão inteligente, irá entender rápidamente que se durante a sua ausência permenecer quieto e não fizer estragos, quando você chegar haverá uma fantástica cena de acolhimento e um jogo ilariante, tudo o resto, pelo contrário conduz ao afastamento.

Nunca deixe o cachorro sozinho por mais de 4 horas seguidas - mesmo no jardim. Como cão de matilha que é , sentir-se-á sozinho e atrofiar-se-á psicológicamente.

8 comentários:

Anónimo disse...

olaa!

tenho um lavrador de 4 meses e sempre andou pela casa toda.. a uns tempos tem passado o dia todo la fora mas estamos muito tempo com ele agora que estamos de ferias.
o unico problema é que ainda nao o conseguimos ensinar a fazer 'xixi' e 'coco' num sitio.. faz onde lhe da vontade.

temos um cantinho ao lado do jardim e queriamos que ele aprendesse a fazer la.
se o fecharmos la durante alguns dias, ele depois habitua-se a ir la fazer as necessidades?
ou pode estranhar ficar lá sozinho?

ja nao sei como ensinar...

beijos**

Bola de Pêlo disse...

Ola leitor, na minha opinião essa táctica pode não funcionar e acabar frustar apenas o pequenote. O que pode fazer é sempre que ele acaba de comer e brincar (altura em que normalmente faz as suas necessidades) levá-lo a esse espaço e esperar um pouco. Ao fim de algum tempo ele vai entender que aquele é o sítio indicado, embora ainda as vá fazer no sítio errado durante algum tempo (depende de cachorro para cachorro), paciência e tempo vão ser de facto necessários.

Boa sorte e parabéns pelo seu pequenote!

Bola de Pêlo disse...

Ah! não se de o recompensar com muitas festas e elogios de cada vez que fizer no sitío certo! ;)

Anónimo disse...

obrigada pelas dicas :)
bjo

Anónimo disse...

Olá tudo bem?
Ganhei um filhote de labrador, mas estou muito temerosa, pois ele ficará o dia todo sozinho, eu e meu marido trabalhamos fora e chegamos só a noite.Você acha que ísso pode trazer algum trastorno para ele?

Obrigada!

Bola de Pêlo disse...

ola, é de facto uma situação difícil até porque ele vai tender a sentir-se aborrecido e terá ainda mais tendência a roer os móveis para se "divertir". Não o pode deixar com alguem durante o dia pelo menos enquanto pequeno? ..de qualquer maneira aconselho a arranjar mtos brinquedos, a ter muita paciencia e por favor não esquecer os seus passeios diários com pelo menos um de meia hora em que este gaste algumas energias e aproveitar o fim-de-semana para passar tempo com ele... arranjar uma pequena companhia para o canito seria uma boa ideia, de resto, não há mto mais a fazer.

Cumprimentos e boa sorte ;)

Gustavo Miguel disse...

olá!
Vou ter uma cadelita labradora com 2meses mas passo 6horas na parte da manhã a trabalhar, será que se fizer uma longa caminhada ou uma corridinha lhe queima as energias e faz com que descanse umas horas?

Obrigado

Inês disse...

Olá Gustavo, penso que se fizer uma boa caminhada de pelo menos 30min. com brincadeira (busca ou corrida)depois da refeição e antes de você ir para o trabalho, ela gasta bastante energia para que descanse ou pelo menos esteja calma durante o tempo em que estiver a trabalhar.
Uma boa ideia é deixar-lhe sempre algo para se entreter: um osso para roer e/ou uma bola para brincar por exemplo - assim não se ocupará a roer coisas que não deve

Cumprimentos e boa sorte! ;)